20 de fevereiro de 2013

DE EPISÓDIO A EPISÓDIO: #20 Chrono Crusade

Aqui estou eu de novo!

Já falei um pouco sobre Chrono Crusade aqui no blog. Se quiser saber um pouco mais sobre a história clique aqui!

Atenção: Spoilers podem aparecer aqui em baixo! :)

Resolvi falar sobre esse episódio, por que o momento em que as coisas aconteceram foi, digamos, muito improvável. 

Normalmente achamos que a maior batalha, revelação de acontecimentos e segredos irá acontecer no penúltimo ou último episódio. Pois bem, quando vi isso acontecendo ainda faltando cinco episódios para o fim de Chrono Crusade, pensei que não haveria mais assunto para a trama.

Na verdade, o conjunto dos episódios #19 e #20 se encaixa nesse contexto, mas preferi falar apenas do #20, já que mais coisas acontecem nele.

O episódio já começa com uma luta entre Chrono e Joshua. Algumas cenas são boas, mas por não serem tão dinâmicas e por Chrono não querer usar seus poderes ao máximo, ferindo o rival e diminuindo o tempo de vida de Rosette, tudo fica meio morto. Isso me dá muita preguiça, é como ver o Shun de Andrômeda lutando: Não quero lutar, não quero te ferir... aff!


Pelo menos eles acabam destruindo a cidade toda e lançando uns poderzinhos legais. Outras duas lutas começam entre o Anjo Remmington junto Deufo e os dois últimos demônios aliados a Aion. Ah! Também começou a batalha entre Satella e sua irmã mais velha. A vontade de matar, principalmente de Deufo tona a luta mais real, apesar de ser um pouco mais rápida do que queria que fosse.

Nesse momento imaginei que algo ocorreria e algum dos lados fugiria, que a luta não teria um fim. Mas Chrono recupera seus chifres, derrota Joshua, ficando é congelado, os dois subordinados Demônios e todos os missionários que não tem destaque morrem e Rosette é levada sem resistências.

O que mais gostei aqui foi como tudo acabou. A partir daqui não tinha a mínima ideia do que poderia ocorrer. Comecei a suspeitar que Chrono de alguma forma teria acabado com tudo ali, mas não. Aion foi o único restante, mas parecia que não poderia ser derrotado de forma alguma pelos mocinhos.

Pensei que Azmaria usaria seus poderes de cura para salvar Chrono, mas ela descobre que tinha perdido seus poderes durante o ritual. O fato de Joshua ficar sem memórias também complica tudo.



No fim do episódio os personagens discutem e chegam a uma conclusão sobre a batalha entre o Céu e o Inferno, com o envolvimento da Terra e reais objetivos de Aion.


Quando tudo acabou, fiquei totalmente perdido. Um anime que tinha cenas muito previsíveis até então me surpreendeu por não me deixar prever os próximos acontecimentos. Não creio que tenha sido o melhor dos episódios, teria feito muitas coisas de outras maneiras, mas sem dúvida alguma contribuiu para o final excepcional que encontramos no episódio #24. 

Esperava muito menos de Chrono Crusade pelo andar da trama. Vale a pena ver até o fim! Se ainda não viu, veja o episódio #20 aqui! 

Até a próxima!!

0 comentários:

Postar um comentário